Domingo, 14 de agosto de 2022

AO VIVO

Auxiliadora 105.9 FM

Amambai/MS



Apos matar mulher e pisotear sobre cadáver, elefante chama manada para destruir casa da vítima

Ainda não se sabe motivo da fúria do animal

20/06/2022 16:55

Elefante que matou idosa esmagada e voltou para pisotear sobre o corpo dela em seu funeral não parou por ai. Ele reuniu uma manada e foi destruir a casa onde ela mora. A história parece absurda, mas aconteceu na vila de Raipal, na cidade de Mayurbhanj, na Índia e foi publicada pelo site Opindia.

Conforme os registros, Maya Murmu, de 70 anos, estava retirando água de um poço, quando o animal a atacou. Ela chegou a ser socorrida, mas morreu a caminho do hospital, informou ao jornal o inspetor da delegacia de polícia de Rasgovindpur, Lopamudra Nayak.

Porém, na mesma noite, o elefante apareceu novamente, derrubou o corpo da mulher de sua pira funerária e pisoteou novamente.

Após sair do velório da mulher, o animal se posicionou ao lado do corpo dela e começou a rugir, chamando a manada, segundo testemunhas relataram ao jornal local.

Assim, mais elefantes se aproximaram e começaram a atacar a casa da idosa. A casa de barro ficou completamente destruída pelos animais. Algumas cabras da mulher chegaram a ser mortas durante o ataque.

Ainda não se sabe o porquê da fúria dos animais, mas os conflitos entre elefantes e humanos estão cada vez mais comuns na região.

Conforme jornais locais, a cerimônia seguiu normalmente após o animal deixar o local. As autoridades acreditam que o animal viajou cerca de 200 km para chegar ao local da morte.

Fonte: Midiamax