Domingo, 14 de agosto de 2022

AO VIVO

Auxiliadora 105.9 FM

Amambai/MS



Justiça nega recurso e Shakira pode ser julgada por fraude fiscal

São atribuídos à cantora seis delitos de fraude fiscal pela falta de pagamento em impostos e sobre seu patrimônio de 2012 a 2014

27/05/2022 15:57

Justiça espanhola rejeitou um recurso da cantora Shakira para que fosse arquivada a ação por suposta fraude fiscal de 14,5 milhões de euros. A decisão deixa a artista ainda mais perto de um julgamento.

Conforme a agência de notícias AFP, Shakira alegou que durante os exercícios fiscais ela morava nas Bahamas, não na Espanha.

O Tribunal Provincial de Barcelona, no entanto, entendeu que “com os dados disponíveis sobre seu trabalho cabe considerar que a recorrente era residente habitual na Espanha”, de acordo com despacho publicado nessa quinta-feira (26).

São atribuídos à cantora seis delitos de fraude fiscal pela falta de pagamento em impostos de renda e sobre seu patrimônio nos anos de 2012, 2013 e 2014. O valor em questão é de 14,5 milhões de euros.

A cantora alega que vivia na Espanha desde 2011, mas ela manteve sua residência fiscal nas Bahamas até 2015. Atualmente, ela mora nos arredores de Barcelona com o jogador Gerard Piqué e os filhos Milan e Sasha.

Fonte: Midiamax