Quinta, 30 de junho de 2022

AO VIVO

Auxiliadora 105.9 FM

Amambai/MS



Sucuri canibal mata o macho para comê-lo após ‘sexo selvagem’ em Mato Grosso do Sul

Fêmea de sete metros estrangulou um macho de três depois do acasalamento; primeira foto do raro comportamento foi feita em MS

02/06/2022 14:31

Prestes a completar dez anos, a primeira fotografia que registrou o canibalismo sexual de sucuris voltou a viralizar em Mato Grosso do Sul nos últimos dias, depois que uma página no Instagram compartilhou a imagem. Fotos tiradas pelo fotógrafo Luciano Candisani, no fundo do brejo do Rio Formoso, em Bonito, são impressionantes e foram parar até na National Geographic.

Trata-se da primeira foto no mundo que conseguiu captar um raro comportamento das sucuris: quando a fêmea mata e devora o macho após o acasalamento. O registro fantástico mostra uma sucuri-verde estrangulando o seu parceiro após a cópula — chamada popularmente de “sexo selvagem”.

“Elas andam no fundo com desenvoltura — não me lembro de ter visto cena mais inusitada em um mergulho. A espécie pode chegar a 10 metros de comprimento. Esta, medida pelo biólogo Daniel De Granville com um cordão, tinha 7. E mais 20 centímetros se considerarmos a língua”, declarou Luciano ao Nat Geo.

“Grossa como um pneu de caminhão”, a fêmea foi encontrada apertando um “pequeno” macho de 3 metros até a morte. Acredita-se que o “abraço mortal” tenha acontecido após um acasalamento entre o par. As fotos foram tiradas a cerca de um metro de distância, segundo a Nat Geo.

A foto foi feita em 2012 e publicada com National Geographic em 2017, cinco anos depois, quando as sucuris estavam já sob crescente ameaça de incêndios no Pantanal de Mato Grosso do Sul. Agora, quase uma década após a captura, o registro volta a encantar pelo inusitado e repercutir nas redes.

“Você vê quem é quem só depois do divórcio”, “Tem que ir presa”, “Você é muita areia para o meu caminhãozinho”, “Já pensou se a moda pega com os seres humanos?”, foram alguns dos recentes comentários de sul-mato-grossenses espantados com a situação.

Fonte: Midiamax