Quinta, 30 de junho de 2022

AO VIVO

Auxiliadora 105.9 FM

Amambai/MS



Suspeita de estupro: advogada é achada morta e nua em depósito

O adolescente teria sido preso por roubar o celular e R$ 5 mil dela, mas respondia o processo em liberdade.

29/03/2018 10:27

A advogada identificada como Clarinda Tamashiro foi encontrada morta na tarde desta quarta-feira (28) em Aquidauna. A idosa, que não teve idade divulgada, foi achada nua e  amarrada em um depósito, há suspeita de que a advogada tenha sido estuprada.

De acordo com o jornal O Pantaneiro, o principal suspeito seria um adolescente de 16 anos que foi apreendido no local. A hipótese de que outras pessoas estejam envolvidas no assassinato não foi descartada, já que o depósito encontrava-se fechado desde a manhã.

Segundo os policiais, a vítima teria sido alvo de latrocínio, que é roubo seguido de morte. Não foi descartada a hipótese de estupro. Testemunhas alegaram que o adolescente estaria observando por cima do muro de dentro do local, chamando a atenção de quem passava por perto. Desconfiados, os moradores detiveram o adolescente e entraram no depósito, onde se deparam com a advogada morta e chamaram a polícia.

Segundo informações dos policiais, o bolso do adolescente estava cheio de dinheiro e ele já teria assaltado a vítima três vezes. O adolescente teria sido preso por roubar o celular e R$ 5 mil dela, mas respondia o processo em liberdade.

A polícia Civil não descartou a possibilidade de que no momento em que o adolescente adentrou ao depósito, a advogada já estivesse morta, no entanto, a perícia só poderá confirmar após os laudos. A vítima era viúva, e desde 2015 cuidava do depósito que era do marido. O caso está sendo investigado.